“Hu, hu, ... pouca-terra, pouca-terra” ou terra-nenhuma?

Estação de comboios quase vazia

Quem nunca sonhou que estava a andar de comboio? Hoje em dia isso deixou de ser um sonho para passar a ser um pesadelo ou, se preferirem, uma verdadeira miragem. E tudo isto em nome de quê?

Alegadamente, com o aproximar da privatização da empresa, os trabalhadores da CP estão com medo de se ver gregos … ou será que apenas querem continuar a viver como os gregos viviam?

Seja como for, sempre que ouço alguém dizer que a culpa é dos sindicatos ou dos trabalhadores da CP eu corrijo-o de imediato. Não suporto calúnias! Afinal de contas, pressionar a administração da CP fazendo greve seria o mesmo que apagar fogo com gasolina.

Até uma criança de cinco anos percebe facilmente que qualquer empresa pública de transportes que dá prejuízo, ao ficar parada, só ganha dinheiro com isso!

A fórmula é tão simples:

Menos custos com salários; menos custos com energia; receitas praticamente iguais (já que uma boa parte da malta tem passe social).

RESULTADO: mais lucro ou menos prejuízo!!!!

Por isso é que eu acho que quem deve andar a convocar estas greves, à socapa, é a própria administração da CP. Ou então o que acabou de acontecer não passou de um mal-entendido, tratando-se apenas de umas merecidas mini férias de Páscoa…

De qualquer modo, o que uns e outros precisavam mesmo era de no dia seguinte à greve descobrirem que os portugueses fizeram greve à CP!

Deixe a sua contra-alegação...

Instagram