TAP: Tempestade no (mar), abutres em terra…

Abutre com Bico de Avião

Um punhado de “motoristas” da TAP decidiu fazer greve, parando a empresa por dez dias. Que é como quem diz, vão fazer umas miniférias no fim-de-semana prolongado do 1 de Maio, para retemperar forças.

Alegadamente, esses senhores são talvez os assalariados mais bem pagos do país, bem acima do salário do próprio Presidente da República.

No entanto, a ideia deles para celebrar o Dia do Trabalhador é através de uma greve desta natureza. Os aviões da TAP ficam em terra, mas o “dinheiro voa”… Voa o dinheiro dos bolsos dos portugueses, para suportar os 70 milhões de euros de prejuízo que vão causar à empresa. Fica ainda por contabilizar a avultada quebra de receitas no turismo e os danos causados na imagem de Portugal a nível externo.

Deixo uma pergunta no ar, quem ganha um salário mínimo, de dois em dois dias, tem direito a fazer greve?

Quem lhes enfiasse mas era o rolo da massa… pela goela abaixo, ainda era pouco.

Se querem assim tanto fazer greve, que façam greve de fome!

Deixe a sua contra-alegação...

Instagram