#vocês agarrem-me!

Miguel Macedo

Oh Miguel Macedo, o teu pedido de levantamento de imunidade parlamentar, à primeira vista fez-me lembrar um “tuga valentão” a gritar, “agarrem-me que eu vou me a ele”. Bem sabias que ia ser recusado, certo?

Se eu estiver errado prova-o, renúncia de imediato ao mandato de deputado, que nunca deverias ter passado a exercer, após a tua demissão do governo.

Demonstra-nos inequivocamente que o que pretendes é pôr fim a tua imunidade parlamentar e não apenas, por fim, garantir a tua impunidade parlamentar.

Ficamos à tua espera, mas sentados…

2 contra-alegações:

  1. Cuidado.Temos todos que esperar (pode ser de pé)que no processo dos vistos,se veja algo. Ele ouviu dizer estava diretamente implicado, apesar de não estar indiciado nem arrolado como testemunha e daí pediu o levantamento da imunidade.No decorrer do processo nada impede que possa vir tambem a "senta-lo" no mocho,(no processo Marquês já apareceram + 2).Pelo que temos visto, não há intocaveis e ainda bem.Pelo dito,é obvio que, se culpado deve ser responsailizado,mas neste fase,parece-me que o texto contem alguma "presunção de culpabilidade",com a qual não concordo.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "à mulher de césar não lhe basta ser séria..."

      Eliminar

Instagram