Juiz Carlos Alexandre: o verdadeiro “Special One”

Juiz Carlos Alexandre

Foi um Carlos Alexandre "Magno" aquele que com uma perna às costas refutou todas as denúncias anónimas de que foi vítima. São atitudes como esta que comprovadamente nos devolvem a esperança no futuro.

Este juiz, consciente que “à mulher de César não basta ser honesta, deve parecer honesta”, fez da sua vida patrimonial um livro aberto e sem reservas reduziu a cinzas as suspeitas que sobre ele existiam.

 • Não se mostrou apenas disponível - disponibilizou todos os elementos para demonstrar a sua inocência.

Não demorou a responder - respondeu sem demora, falando verdade e com a resposta na ponta da língua, sem se refugiar em esquecimentos patéticos.

Não contestou processualmente – respeitou processualmente as regras do jogo e venceu-o com a verdade.

Como ficou provado, “quem não deve não teme”, e isso torna-o temível e admirável!

Qual foi a última figura pública que lidou com suspeitas ou acusações de natureza penal e agiu desta forma? Eu cá só me lembro do António Vitorino…

Alguém, em consciência e sem “partidarite”, se atreve a acrescentar mais algum nome a esta curta e honrosa lista?

E já agora não resisto a terminar sem deixar mais uma pergunta no ar: qual a razão de ser da imunidade parlamentar? Em poucas horas o Juiz Carlos Alexandre fez arquivar o processo que pendia contra ele, e voltou ao trabalho, cantarolando:

Às armas, às armas!
Pela pátria lutar!
Contra os corruptos
marchar, marchar!

… e não deixou dúvidas sobre a sua inocência.

 Depois deste episódio ainda há algum português que acredite ser necessário a imunidade parlamentar?


3 contra-alegações:

  1. Coitadinho!! Que bem que sabe termos quem nos entenda!! Processos arquivados. À espera de quê? De nada, claro!!

    ResponderEliminar
  2. ...não basta parecer, é preciso sê-lo!

    ResponderEliminar
  3. Só é pena o super juiz não ser super para mandar prender essa cambada de de ladrões que nos sugam o tutano e que toda a gente conhece mas continuam impunes porque será?

    ResponderEliminar

Instagram