#cravo armadilhado

António Costa

“Este cravo é vosso!” António Costa saudava assim os militantes, após vencer as primárias do PS. Só não explicou que por “vosso”, queria dizer, do banco a quem o PS deve onze milhões de euros.


Quando há uns dias Costa falava em “grande ansiedade” na vitória do PS, estaria alegadamente a falar em nome do povo, ou dos banqueiros, que emprestaram essa quantia astronómica ao partido?

Não resisto a deixar aqui 3 perguntas ao António Costa:

• Como é que um partido, endividado como o PS, pode mandar palpites acerca do sobre-endividamento das famílias portuguesas ou sobre o controlo do deficit externo do país?

• Uma subvenção anual de quatro milhões e meio de euros não chega para pagar as contas da água, gaz e eletricidade do partido?

• O PS, que se encontra numa situação de falência técnica há dois anos, devia neste momento estar a realizar a sua Convenção Nacional ou um peditório nacional?

Será que depois de se saber as respostas a estas questões, o português ainda “qué frô”?

Deixe a sua contra-alegação...

Instagram