E se o dinheiro fosse nosso?

Passos Coelho e sessão da coligação PSD/CDS

PSD e CDS batizaram a sua coligação de “Portugal à frente”. Mas Portugal à frente em quê? Ou de quem? A julgar pela forma como Passos Coelho tratou o protesto dos lesados do BES, só se for: Portugal à frente… dos portugueses!

Senão vejamos, um conjunto de cidadãos, em representação dos inúmeros lesados do papel comercial do GES, quis participar na sessão da coligação PSD/CDS e entrou na sala lembrando apenas: “queremos o nosso dinheiro”.

Alegadamente, foram recebidos por um primeiro-ministro a rir-se para ele, como se ali alguma coisa estivesse a ter piada e por um grupo de acólitos que se limitaram a gritar “Portugal”, como se os restantes cidadãos fossem estrangeiros ou de outro planeta. Rapidamente foram postos na rua pela segurança e pela polícia.

Agora é que era útil ver os “Homens da Luta” regressarem à cena política, de viola em punho, para ajudar o povo. Alguém sabe o que é feito deles? Aburguesaram-se ou eram apenas uns fantoches de ocasião?

No entretanto, cresce o autismo na coligação PSD/CDS e parece não ter limites…

Deixe a sua contra-alegação...

Instagram