O improvável Lesado do BES

Livro Caso BES

Caro Ricardo, agora é que eu alegadamente percebi tudo, o principal lesado do BES, senão o único, foste tu! Tu que eras “dono disto tudo” foste “gamado”, em plena luz do dia e à vista de toda a gente.

Já pensaste em unir novamente a tua família e criarem o Grupo dos Verdadeiros Lesados do BES? Como vos arrestaram o património todo, o teu clã tem toda a legitimidade democrática para acampar à porta da sede do Novo Banco. Que achas da ideia?

Estou de tal modo incomodado e emocionado com tudo que te estão a fazer, que enquanto poeta, apetece-me recriar um verso Fernando Pessoa, em tua homenagem:

Ó Ricardo Salgado, quanto do teu sal,
São lágrimas por Portugal… 

Depois de eu enxugar a lágrima que tinha aqui no canto do olho, gostava só que me explicasses quem eram aqueles dois tipos que te escreveram o livro?

Assim de repente, pela pose de estado, pareciam-me dois dos teus mordomos… estou enganado?

E já agora com que dinheiro lhes vais pagar as horas extraordinárias?

Deixe a sua contra-alegação...

Instagram