Seguro, volta estás perdoado…

António José Seguro

Em Portugal, habituamo-nos a ouvir dizer que “o seguro morreu de velho”, mas alegadamente, no reino do PS, o Seguro vai morrer de rir. Pelo andar da carruagem já nem sequer falta muito para tal acontecer.

O balanço no PS é trágico...

O Costa, tirando as “assistências para golo” da Maria Luís Albuquerque, não consegue “construir jogo no miolo do terreno”.

O Rodrigues, lá pelas bandas do parlamento, quando não dormita um pouco, só bate em ferro frio… claramente já não tem ritmo competitivo para aquelas andanças…

E cadé os outros? Andam todos muito escondidos, a recuperar das mazelas da anterior governação e a lamber as feridas…

Assim, a Democracia de Alterne vai ter de esperar…

1 contra-alegação:

Instagram