Visionário ou televisionário…

Leal da Costa

“Fomos nós, como em tantas outras coisas, que fomos os primeiros a criar em dezembro de 2014 o primeiro sistema de utilização por inativação de plasma português”. Mais vale tarde do que nunca?

Alegadamente, o secretário de estado da saúde, Leal da Costa, não podia ter sido mais claro na sua afirmação. Ou podia? O “primeiro sistema”? Mas o Hospital do Espírito Santo em Évora há vários anos que já aproveita o plasma dos dadores… será que foi por obra e graça do Espírito Santo?

Mas a ficção continua…

Leal da Costa afirma também “e agora vamos lançar um concurso para permitir a utilização plena com fracionamento de plasma português”. Mas será que a Octapharma autoriza? Os amiguinhos da Octapharma vão deixar o concurso ser efetivamente adjudicado?

Alegadamente, sem a intervenção do Divino Espírito Santo a coisa não vai nascer…

Deixe a sua contra-alegação...

Instagram