ESTADO ISLÂMICO – Patrocinado por…

Bandeira do Estado Islâmico

O estado do Estado Islâmico é bem o reflexo do estado das coisas cá pela Europa e pelo Mundo! Nós, que defendemos que “falem bem ou falem mal, mas falem de mim”, damos tempo de antena ao Estado Islâmico?

Alegadamente, os líderes ocidentais tentam conter a crescente influência do Estado Islâmico no mundo ocidental.

Mas em simultâneo, os nossos órgãos de comunicação social tratam dos atentados e iniciativas do grupo terrorista, como verdadeiros trailers de filmes de acção, elevando os terroristas a um patamar de popstars. Infelizmente, por mais incrível que pareça, classificar alguém como “terrorista”, é das coisas mais controversas e mutáveis.

Certo é que não devemos correr riscos ao dar-lhes notoriedade ou tempo de antena. Especificamente em Portugal, já com a cobertura mediática dos incêndios florestais é a mesma irresponsabilidade, por parte das televisões.

Proponho que façamos zapping sempre que os media transmitam notícias sobre o Estado Islâmico ou sobre incêndios florestais, para ver se a comunicação social aprende a lição e deixa de ser parte do problema, passando a fazer parte da solução!

1 contra-alegação:

  1. Zapping?O melhor é desligar a tv na hora das "news" e ligar o cerebro ...quanto à questão do "patrocínio" a coisa vai mais fundo ainda,toda a economia ocidental tem por base aquilo que nos anos 50 um presidente dos EUA chamou de "complexo militar-industrial".

    ResponderEliminar

Instagram