#guru maldisposto

Caricatura de Cavaco Silva

Cavaco Silva marcou para 4 de Outubro as próximas Eleições Legislativas, mas com a abstenção a ameaçar chegar aos 50%, em breve deveremos rebatizar este dia, como o Dia das Abstenções Legislativas.

A obsessão do presidente da república em ter um governo maioritário que permita aos portugueses, segundo ele, terem um governo estável para os próximos quatro anos é ainda que involuntariamente, ou não, um convite descarado à abstenção.

Se a desilusão dos portugueses com os partidos do arco da governação é por demais evidente, o fatalismo dos portugueses terem de escolher entre eles, perpetuando esta Ditadura de Alterne, é em si mesmo um convite à abstenção.

Alegadamente, Cavaco Silva, na despedida do seu último mandato como presidente da república, pede-nos para escolhermos entre o menor de dois males. A sua visão de uma democracia europeia moderna resume-se a ciclos de quatro anos de ditaduras democráticas.

Tenho para mim que mais vale um não-governo a um mau governo e, se um governante não é capaz de governar em minoria, não é merecedor de governar em maioria.

A luta de Cavaco Silva devia ser, apenas e só, para eliminar a abstenção. Sem se ingerir nas escolhas democráticas de um povo, que vive há quarenta e um anos em democracia.

O senhor presidente da república já não nos deixa maldispostos, deixa-nos indiferentes…

Deixe a sua contra-alegação...

Instagram