#profeta ou profano?

António Costa

António Costa esteve como peixe na água a responder às perguntas colocadas pelo público presente nos estúdios da TVI. O estilo “reality-show” chegou ao jornalismo no canal “criador” da Casa dos Segredos.

Alegadamente a TVI foi amiguinha do PS, dando-lhe de bandeja uma valente “injeção de adrenalina”

Comunicou uma sondagem onde o PS ostentou uma sólida vantagem de cinco pontos percentuais sobre os seus rivais mais diretos, quando a tendência das últimas sondagens conhecidas, parecia revelar uma inflexão na tendência de vitória do Partido Socialista, nas próximas eleições.

Em paralelo montou um circo mediático onde, sob o pretexto de dar rosto humano as dificuldades e aos anseios dos portugueses, permitiu ao António Costa apresentar-se perante o país com o Messias, deixando para trás quase por completo as responsabilidades partilhadas, que o seu partido tem, na atual situação que o país está a viver.

Durante toda a entrevista António Costa mostrou-se confiante nas suas mensagens, mas será que nos deixou confiantes? Estava também inequivocamente convencido do que nos estava a dizer, mas será que foi convincente? Há que esperar para ver…

A tarefa dele não é assim tão difícil, basta-lhe convencer uma minoria de portugueses, exactamente um quarto dos eleitores, para governar Portugal com maioria absoluta…

Uma democracia mais fácil de “controlar” do que a nossa, deixava de ter piada…

1 contra-alegação:

  1. Um sistema bi-partidário(mais o "táxi)onde a oposição se resume a gritos de protesto e parte dela a insistir em ideias de 1975.Sim,mais ridículo que isto seria complicado.

    ResponderEliminar

Instagram