A saga do Homo Corruptus

Homo Corruptus

O Homo Corruptus é a obra-prima da ciência política moderna. Ao longo de quatro décadas, tem sabido evoluir e encontrar soluções para os desafios que se lhe vão deparando, reproduzindo-se de forma imparável.

Alegadamente, chegou, viu e venceu…

A análise do comportamento desta estranha e esquiva criatura, apenas pode ser feita com base em factos alegadamente ocorridos, já que a sua vida está sempre envolta em grandes mistérios e segredos.

Para garantir o rigor científico desta abordagem, ilustraremos a evolução do Homo Corruptus em democracia, apenas e só, com base em factos alegadamente ocorridos:

Duarte Lima embora um solitário é talvez a alma mater da espécie. Apenas estava preparado para partilhar as suas riquezas com os familiares mais chegados. Esta estratégia no início deu os seus frutos, mas com o passar do tempo, mostrou-se insuficiente para garantir alicerces duradouros.

Paulo Portas representa um upgrade em altruísmo no processo evolutivo. Compreendeu como ninguém a importância de partilhar as suas riquezas com um alargado e influente leque de amigos. Esta estratégia embora não esteja isenta de riscos, tem sido suficiente para mantê-lo bem à tona de água.

José Sócrates é um visionário, talvez um Robin dos Bosques da era moderna. Soube fazer do povo um amigo e aliado, partilhando com ele todas as suas riquezas. Mas sem nunca perder de vista o sábio ditado popular: ”quem parte e reparte e não fica com a maior parte, ou é burro, ou não tem arte”. Apesar do mau momento pelo qual este artista está a passar, ainda será possível ser levado em ombros para Belém…

O atual sucesso do Homo Corruptus, ficou bem ilustrado no rosto cansado e sem brilho que Maria José Morgado revelou na sua última participação televisiva. A grande lição a tirar, no que toca ao futuro do combate à corrupção em Portugal, parece ser: “quando não os podes vencer, junta-te a eles”.

Quer isso dizer que estamos condenados a ver-nos transformados num cardume de dez milhões de rêmoras? Ou a emigrar?

Vistas bem as coisas, está tudo nas nossas mãos, mas não podemos continuar a fazer como Pilatos, lavá-las…

Deixe a sua contra-alegação...

Instagram