A diferença estará na cor da pele?

Refugiados vs Migrantes

Alegadamente, os principais líderes europeus fazem questão de vincar a distinção entre “refugiados” e “migrantes”. Numa situação tão delicada com a que se vive, atualmente, ainda há quem perca tempo com questões de semântica?

O estado de absoluta necessidade que serve de denominador comum, entre uns e outros, e faz com que se lancem ao desconhecido, numa espécie de Roleta Mediterrânica, não chega para merecerem igual tratamento por parte da Europa?

Ou será que afinal de contas, o que é relevante é a diferença no tom da pele?

Deixe a sua contra-alegação...

Instagram