Alegadores


Those who are about to blog, salut you...
Padeira de Aljubarrota Padeira de Aljubarrota
Comentadora Política e "Jabardona"

Com isto da crise, desde que os portugueses se habituaram a comer o pão que o diabo amassou que o negócio das padarias vai de mal a pior.
Como se isso não bastasse, hoje em dia os nossos políticos, alegadamente, especializaram-se também na arte de meter a mão na massa.
Alegadamente deixaram-me encostada entre a “pá” e a parede, restando-me apenas fazer o que me tornou célebre, distribuir pazada “a torto e a direito”…
l'Hedois du Bocage l'Hedois du Bocage
Futuro Candidato a Presidente da República

Por mais cafés que os portugueses tomem na minha “companhia”, teimam em não acordar para a dura realidade que alegadamente os rodeia.
Como poeta não posso assistir a tudo isto de braços cruzados e alegarei em seu nome, em verso e prosa.
Se nem assim abrirem a pestana resta-me dar um murro na mesa e passar das palavras à ação, candidatando-me a Presidente da República. Se os boémios podem ser candidatos, eu já ganhei…


Demócrito de Abdera Demócrito de Abdera
Bitaitéiro é o meu nome do meio

Se é verdade que para alguns eu sou "o pai da ciência moderna", não é menos verdade que a “ciência política” é apenas minha filha bastarda.
Sempre procurei viver uma vida feliz e nunca “gastei o meu grego” com tão triste criatura. Mas olhem que hoje em dia bem arrependido estou.
Ela cresceu e multiplicou-se e estamo-nos todos a “ver gregos" para lidar com tantos "cientistas políticos". É chegada a altura de lhes dar uns tabefes à moda antiga...
Manuel Peres Vigário Manuel Peres Vigário
Autopsicografista ao vosso inteiro dispor

Na verdade, Manuel Peres Vigário não sou apenas eu, nem tu ou ele, somos todos nós… mas não se assustem com isso.
Na realidade o meu nome foi arrastado para a lama, mas eu nunca enganei ninguém, limitei-me a dar uma lição aos egoístas com falta de carácter, que se acham mais espertos que os outros.
Mais a mais, se “ladrão que rouba a ladrão, tem cem anos de perdão”, espertalhão que rouba espertalhão, tem no fundo bom coração…



Eça de Queiroz Eça de Queiroz
Agora de volta com essas...   do Queiroz

Como já tinha dito antes, Políticos e Fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo, vamos tratar disso juntos?
Calma, se quando eu escrevi Os Maias, já existisse a fotografias a cores para ilustrar o livro eu não teria sido tão "chato" e aquilo lia-se numa tarde…
Agora que tirei um curso prático de Photoshop na Universidade Sénior prometo que os meus futuros escritos serão bem ao vosso gosto: curtos… e grossos!

Instagram